Cronologia

1947 - Ingressou no noviciado da Companhia de Jesus.

1958, 5 de julho - Foi ordenado padre na Igreja de Santo Inácio, por D. Luigi Traglia, bispo-auxiliar da Arquidiocese de Roma.

1959 - Realizou a Terceira Provação, etapa final da formação espiritual do jesuíta, na cidade de Florença.

1964, 15 de agosto - Em Roma, realizou sua profissão solene, emitindo os 4 votos dos jesuítas professos.

1965 - Cogitou em atuar em Madagascar, África, e chegou a manifestar essa inclinação, mas também ponderou sobre a possibilidade de ida para o Japão, iniciando estudos de japonês. Por ocasião de sua vinda para o Brasil, havia se prontificado em colaborar nas missões em Mato Grosso.

1965-1976 - Atuação religiosa nas Arquidioceses de São Paulo, como padre jesuíta.

1973-1975 - Tornou-se vice-presidente da CRB de São Paulo.

1976-1988 - Atuação como bispo-auxiliar de São Paulo e em órgãos colegiados do episcopado nacional e internacional.

1988-2006 - Atuação como arcebispo de Mariana e em órgãos colegiados do episcopado nacional e internacional.